EEc Juréia-Itatins - Núcleo Grajauna

EEc Juréia-Itatins - Núcleo Grajauna

Órgão Gestor


FF

Categoria da Área Protegida


EEc

Estação Ecológica

ÁREA: 84.425,000 hectares

BACIA HIDROGRÁFICA:

A Estação Ecológica da Juréia-Itatins possui 84.425 hectares e caracteriza-se como um dos trechos mais bem protegidos e preservados de Mata Atlântica do Brasil, que possui uma flora e fauna bastante diversificada, com grande número de espécies raras e várias endêmicas regionalmente. Dentre essas espécies, algumas foram catalogadas e registradas pela primeira vez no estado, como o antúrio-da-jureia (Anthurium jureianum) e a begônia-da-jureia (Begonia jureiensis).
O território é banhado por rios que são formados nas serras e morros da estação e que dominam grande parte da planície costeira. As principais bacias formadas são a do Rio Verde, do Una do Prelado e do Guaraú.
A EEJI é um dos últimos locais de São Paulo que abriga praias arenosas, costões rochosos, manguezais, matas de restinga e florestas de baixada, de encosta e de altitude; além de ser também uma das poucas áreas remanescentes a abrigar uma rica e diversificada fauna, com presença de algumas espécies endêmicas e de espécies migratórias.

Trilhas

INFRAESTRUTURA

Sanitário Feminino

Sanitário Feminino

Sanitário Masculino

Sanitário Masculino

Hospedagem para Pesquisador

Hospedagem para Pesquisador

Voltagem 110

Voltagem 110

Portaria / Base Fiscalização

Portaria / Base Fiscalização

Ponte

Ponte

ATRATIVOS

Rio (para contemplação)

Rio (para contemplação)

Cachoeira

Cachoeira

Praia

Praia

Costão Rochoso

Costão Rochoso

Roteiro Cultural

Roteiro Cultural

ATIVIDADES

Observação de Aves

Observação de Aves

Observação de Fauna

Observação de Fauna

Observação de Flora

Observação de Flora

Passeio Noturno

Passeio Noturno