Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

EEc Santa Bárbara

EEc Santa Bárbara

Órgão Gestor


FF

Categoria da Área Protegida


EEc

Estação Ecológica

ÁREA: 2.712,0000 hectares

BACIA HIDROGRÁFICA: 17 - MÉDIO PARANAPANEMA

A Estação Ecológica de Santa Bárbara preserva fisionomias campestres e savânicas de Cerrado. Essas áreas possibilitam a existência de espécies raras, tanto da flora quanto da fauna. No total, já foram registradas 43 espécies ameaçadas de extinção, sendo 13 de plantas, sete de mamíferos, 19 de aves, três de lagartos e duas de serpentes. A maioria das espécies raras ou ameaçadas ocorre nas fisionomias abertas de cerrado, reforçando o objetivo inicial pelo qual a unidade foi criada, em 1984. Destacam-se, entre essas espécies, o veado-campeiro e outros animais de grande porte, como o lobo-guará, o tamanduá-bandeira e a ema, praticamente, extintos no estado, mas que ainda encontram hábitat ideal na unidade. Além da biodiversidade, são protegidas dezenas de nascentes, de modo que a estação produz água superficial de excelente qualidade. Como também, protege parte das nascentes e do leito dos córregos que alimentam a cascata do Capão Rico, cartão-postal do município de Águas de Santa Bárbara.

Bioma

Cerrado

Trilhas

INFRAESTRUTURA

Voltagem 110

Voltagem 110

Portaria / Base Fiscalização

Portaria / Base Fiscalização

Internet

Internet

ATRATIVOS

Lago (para contemplação)

Lago (para contemplação)

ÁREAS DE PROTEÇÃO RELACIONADAS

F Botucatu

A unidade, criada em 1966, com 33, 80 hectares, abriga remanescentes de...

EEc Caetetus

Conhecida por Estação Ecológica dos Caetetus, criada em 1976, entre Gália e...

Governo do Estado de SP